Jair Messias Bolsonaro é alvo da maior indústria de fake news do Brasil

Você pode gostar ou não do jeitão sincerão e simples do presidente Jair Messias Bolsonaro, o marido da dona Michelle e pai de uma “tropa”: Carlos, Flávio, Eduardo, Renan e Laurinha.

Você pode achar, ou não, que ele foi de fato o melhor presidente do Brasil desde a redemocratização.

Gostos e avaliações são pessoais e ainda esbarram nas paixões políticas.

Você até pode aprovar, achar engraçado ou discordar, até com certa veemência, do linguajar meio desbocado do capitão.

É seu direito não gostar de como ele fala.

Mas NINGUÉM, com o mínimo senso de justiça e verdade, para não dizer inteligência, pode negar que, Jair Messias Bolsonaro é alvo da maior indústria de fake news do Brasil.

‘Cada dia é um flash’.

Eu não listarei os “casos e acusações” de “corrupções” que já fizeram contra o presidente, porque certamente me perderia numa lista interminável.

Extensa, longa e interminável.

E isso não é piada e nem força de expressão.

Chamem do que vocês quiserem: Acusações, desvios, escândalos, investigações e blá blá blá.

Chamarei pelos nomes corretos: narrativas, mentiras, sacanagens e como disse o presidente, canalhices.

Repetirei: ‘Cada dia é um flash’.

Só para citar alguns casos: Casa em Angra, funcionária fantasma, desvios de verbas durante o governo, compra de vacina, ou a falta dela, genocídio, atestado, laudo, facada fake, a farra do Leite Condensado (esqueceram disso?), a compra de Viagra pelo Exército, viagem aos EUA, o caso “contundente” das joias personalíssimas, o volumoso PIX que seria desvios e lavagem de dinheiro e agora… O FBI a pedido da Gestapo Brasileira estaria investigando SUPOSTAS compras de imóveis nos EUA.

Desculpe a licença poética: PUTA QUE PARIU

Só não o acusaram de ser gay, ter filhos fora do casamento e pelo Tsunami que varreu a Oceania.

Fora isso…

Por esses motivos não é nenhum erro ou cega paixão afirmar que, Jair Messias Bolsonaro é alvo da maior indústria de fake news do Brasil.

Nunca no Brasil tamanhas ações e acusações orquestradas, manipuladas e descaradas, incluindo a vexatória imprensa militante, jamais um homem foi tão perseguido com tantas narrativas sob seus ombros…

É um fardo pesado…

E por que narrativas?

Porque uma a uma vão ficando pelo caminho, sendo desmentidas pelas ausências de erros, corrupções, roubos ou desvios.

Uma a uma vai perdendo sua força, e por isso, o impiedoso e coordenado ataque diário, nos malabarismos e insana orquestra para criarem novas narrativas, para a cada dia fazerem Bonoro “sangrar”…

‘Cada dia é um flash’.

Dias atrás disseram que ele estava perdendo apoio e engajamento popular.

Veio Barretos e pá…

‘Fudeu’ com a narrativa de perda de apoio…

E agora a narrativa da vez seria 20 imóveis nos EUA e até o FBI estaria atrás desses imóveis.

Deixarei o ‘presida’ responder tal acusação:



Não estou defendendo o presidente Jair Messias Bolsonaro, e nem estou sendo usado para rebater tais críticas, aliás, a minha mágoa com o presidente é que defendo ele há anos e ele nunca me seguiu no Twitter… hahahaha!

Até a mulher mais porreta, inteligente e sarcástica do Brasil me segue, a fabulosa, linda, diva e maravilhosa Bárbara do canal Te Atualizei, até ela me segue, presida. A não menos tudo, Fabiana Barroso também me segue. Ah, a Fabianaaaaa… Até o Carlos Bolsonarooooo, presida…rs

Eu te perdoo presidente… rs

Voltando a falar sério – momento Léo de ser – não se trata de defesa, mas de discernir e perceber que o homem que LITERALMENTE deu o sangue pelo Brasil é vítima de uma coordenada campanha diária, maciça e impiedosa de acusações diárias e de narrativas sem fim…

Narrativas.

Narrativas.

E narrativas.

Nada se provou contra o presidente Bolsonaro.

Prova cabal e irrefutável, nenhuma, jamais apareceu como escopo ou tiro de misericórdia.

Nem a famosa “Bala de Prata” eles conseguem achar…

O ódio da esquerda e da imprensa militante, é que TODAS as narrativas, ops, mentiras, não se sustentam.

Uma a uma ficam pelo caminho…

Nessa hora me faço três perguntas:

1 – De onde ele tira forças para se manter na trincheira, a favor do Brasil?

2 – Que amor é esse pela pátria, que decide enfrentar o sistema, com perigo da própria vida?

3 – Como o homem, pai, marido, avô e tio consegue suportar ou reagir a tamanha pressão?

Alguém consegue lembrar que ele é ser-humano?

Que sente dor, alegria, saudades, ou seja, que ele tem sentimentos?

Alguém?

Sentimentos, cara!

Ele tem…

Ele é de carne e osso…

E sangue…

Já vimos o seu sangue…

Enfim, chego a três conclusões:

1 – As narrativas não terão fim;

2 – Ele deveria contratar mais seguranças e

3 – O objetivo das narrativas é criar um clima desfavorável no Brasil contra Jair Messias Bolsonaro, que seja favorável a sua prisão.

E essa será a maior injustiça cometida contra um brasileiro em todos os tempos.

Maior injustiça?

Ou a maior de todas as fake news?

Que Deus tenha misericórdia do presidente, que Deus guarde toda a sua família, que Deus tenha piedade contra os seus inimigos e que Deus pese a mão contra os seus detratores.

Leo Vilhena
@LeoVilhenaReal


Publicado

em

por

Tags: